LUA. Reguladora da vida no nosso planeta.




A Lua é a força mantenedora da vida na Terra, símbolo da mãe ou da figura maternal e nutritiva, da segurança emocional, representando o passado e as emoções. Em muitas correntes filosóficas a Lua representa a polaridade yin e é associada aos fluidos do corpo, regulando o metabolismo e as trocas entre o meio externo e interno.


Assim como recebe os raios do Sol e os irradia de volta, em um sentido mais amplo, a Lua espelha o nosso lugar de origem, a família, as atitudes aprendidas com os pais, os hábitos e os condicionamentos, tudo aquilo que recebemos e devolvemos ao mundo. A Lua é a capacidade de refletir.

Como extensão desse aspecto, rege o feminino, a sensibilidade e a imaginação, a vida afetiva, os sonhos, a memória e a intuição.


No corpo regula o sistema linfático e o funcionamento dos órgãos reprodutores nas mulheres, como também dos fluidos intrauterinos. Seu elemento é a Água e o seu metal é a prata.

Sua relação com a noite, com a mutabilidade e a transformação se conectam com a introspecção, a força receptiva e o inconsciente.


É por meio do seu efeito gravitacional que a Lua regula as águas do planeta e, analogamente, rege as nossas águas e oscilações interiores, sendo por isso associada ao humor.


Graças à Lua e à sua influência na órbita terrestre, a exposição dos hemisférios ao Sol se alterna e como consequência temos as estações do ano. A Lua regula, dentro e fora de nós, todo movimento de expansão e contração, de fim e recomeço: as marés, a menstruação no corpo feminino, as emoções, a seiva das plantas, as estações, a rotação, as fases. Tudo aquilo que é cíclico, eterno movimento de conter e depois soltar.


#lua #natureza #assinaturaastrológica #simbologiaeanalogia #astrologia

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo