CLITÓRIA, parte II - Assinatura Botânica e Astrológica



A clitória é uma planta herbácea e perene da família Fabaceae, a mesma dos feijões, daí alguns dos seus nomes populares: ervilha-borboleta, feijão borboleta, ervilha azul e blue bell vine (trepadeira de sino azul, em inglês). Em algumas regiões do Brasil ela também é conhecida como cunhã, que em linguagem popular significa "mulher", "jovem mulher" ou "mulher virgem".

Nos nomes populares da clitória encontramos várias pistas sobre o que ela quer nos dizer e transmitir. Todos nos falam sobre a sua natureza, daí a importância do nome e das palavras, que nunca são aleatórios e emanam a própria vibração da planta.


Nesse caso, a clitória é sem rodeios e recebeu esse nome tão evocativo por suas flores lembrarem o órgão reprodutor feminino. Quando um padrão se manifesta na natureza, essa repetição indica uma ligação e sincronicidade com tudo aquilo que também apresenta uma forma similar, logo, é natural atribuirmos uma conexão da clitória com a energia feminina.


A sua cor tão característica também nos dá pistas sobre as suas propriedades: ela tonifica o pensamento e as redes neurais e por isso também é anti estresse, calmativa e fortalecedora da memória, assim como o cor azul que manifesta.



Pelo índigo das suas flores é uma planta associada à intuição e à glândula pineal, ao chackra do terceiro olho, e assim tida como uma planta da VISÃO e tomada de consciência: melhora tanto a visão física (os olhos), como a visão interior (a capacidade de olhar para dentro e ver a si mesmo). Ela nos ajuda no ritmo cicardiano de acordar e adormecer, nos despertando para as nossas próprias potencialidades, principalmente femininas e criativas.

Astrologicamente é uma planta que relaciono a Netuno, que é uma interface entre o espiritual e o material. Percebo a clitória dessa maneira: em sua forma trata de algo profundamente físico, enquanto em suas energética e cores evoca o espiritual, a consciência, o lúdico e o artístico. O fato da clitória mudar de cor de acordo com o ph da água, ter tantos nomes fantasiosos e trazer em si a capacidade de se transformar me reafirma essa percepção. Além disso Netuno é o correspondente astrológico da glândula pineal, dos fluidos cerebrais e nervosos, aspectos que essa planta trabalha.


Em sua energética e cores evoca o espiritual, a consciência, o lúdico e o artístico. O fato da clitória mudar de cor de acordo com o ph da água, ter tantos nomes fantasiosos e trazer em si a capacidade de se transformar me reafirmam uma percepção netuniana. Além disso Netuno é o correspondente astrológico da glândula pineal, dos fluidos cerebrais e nervosos, aspectos que essa planta trabalha.


Na loja online você encontra duas artes que celebram a potencialidade da clitória, uma delas é a Aquarela Botânica e outra a Medicina da Lua.



#clitória #clitoriaternatea #assinaturabotanica #linguagemdasplantas #assinaturaastrológica #diáriobotânico

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo